(12) 3127-8092

AUTORES

Viriato Gaspar

Viriato Gaspar

Viriato Santos Gaspar nasceu em São Luís, em 07/03/1952. Ainda muito jovem, lendo o caderno de sonetos de sua mãe, encantou-se pela magia da palavra escrita, que se sedimentou de vez ao ler o episódio “O Velho do Restelo”, de os Lusíadas. Menção-honrosa da Academia Maranhense de Letras em 1970, com seu primeiro livro de poemas, PORTOS SEM RUMOS. Nesse ano, venceu, com TEODISSÉIA, o Concurso “Cidade de São Luís”, que tornou a ganhar, no ano seguinte, com 50 SONETOS, três livros que nunca publicou, por entender sem o devido rigor formal. Com os jovens poetas Chagas Val, Luiz Augusto Cassas, Raimundo Fontenele e Valdelino Cécio criou o Movimento Antroponáutica, cuja antologia, publicada em 1972, assinalou a chegada de uma nova geração de poetas que pretendiam construir uma linguagem moderna na literatura do Estado, muito passadista. Em 1975, com mais alguns outros nomes que começavam a despontar, lançaram a antologia Hora de Guarnicê, consolidando o movimento de renovação na poesia maranhense. Imigrou do Maranhão em 1976, e desde 1978, reside em Brasília. Poeta multipremiado no Maranhão e em Brasília, participou de mais de uma dúzia de antologias poéticas.